Melhores vitaminas para aumentar o desejo sexual feminino

Vitamina A, B9, C, D, E e Arginina são algumas das melhores vitaminas para aumentar o desejo sexual feminino, podendo ser incorporadas na alimentação diária como um suplemento.

A falta de libido é um dos problemas mais comuns das mulheres, principalmente na menopausa ou durante o tratamento de doenças como depressão e ansiedade. Contudo, o uso desses suplementos contribui para estimular o desejo sexual e devolver a autoestima e busca por prazer e bem-estar.

Confira a seguir nossa lista de recomendações com as melhores opções do mercado, incluindo seus prós, contras e as informações nutricionais detalhadas.

Renato Fernandes

Publicado e revisado pelo nutricionista Renato Fernandes, CRN9/22289.
Última atualização: 04/06/2024

Metodologia para avaliação

A equipe do Saúde Pulso testa pessoalmente cada produto apresentado em avaliações e guias. Fazemos aquisições de produtos de forma anônima e contamos com um grupo de analistas independentes. Assim, conseguimos obter experiências diretas e oferecer recomendações baseadas em dados reais. Saiba mais.

Melhores vitaminas para aumentar o desejo sexual feminino para comprar em 2024

Escolha
do Editor

VitaminaANowFoods

Vitamina A
Now Foods

Melhor
custo-benefício

VitaminaB9TrueSource

Vitamina B9
True Source

3ª Melhor
Vitamina

VitaminaCAceviton

Vitamina C
Aceviton

1. Vitamina A

Para começar nossa lista de melhores vitaminas para libido feminina temos a Vitamina A 10000 Ul Now Foods. Esta vitamina é essencial na produção de hormônios sexuais como o estrogênio e a progesterona, influenciando diretamente no desejo sexual. Além disso, a vitamina A também contribui para a saúde das mucosas genitais, melhorando a lubrificação e o conforto durante o sexo.

Prós

Contras

Informações nutricionais (porção de 1 cápsula)

  • Calorias: 0
  • Vitamina A: 3.000 mcg

2. Vitamina B9

A True Source Metilfolato Vitamina B9, mais conhecida como ácido fólico, aumenta a produção de serotonina, melhorando o humor e a sensação de bem-estar, fatores que estimulam a libido. Um estado emocional estável e uma saúde física equilibrada são importantes para manter o desejo sexual ativo, por isso esta vitamina é uma das melhores opções no alcance deste objetivo.

Prós

Contras

Informações nutricionais (porção 250 mg ou 1 cápsula)

  • Calorias: 2 kcal
  • Gorduras totais: 0,2 g
  • Gorduras Saturadas: 0,2 g
  • Ácido fólico: 400 mcg

3. Vitamina C

Indicamos a Vitamina C da Aceviton como uma das opções para aumento do desejo sexual feminino devido a sua capacidade de aumentar a produção de colágeno, proteína fundamental na saúde dos tecidos, incluindo os órgãos reprodutivos.

Prós

Contras

Informações nutricionais (porção de 2 comprimidos)

  • Calorias: 0
  • Ácido ascórbico: 500 mg

4. Vitamina D

Vita D-3 da Vitafor é uma vitamina D eficiente para a libido feminina pelo seu papel na produção dos hormônios sexuais. Conforme alguns estudos, mulheres com deficiência de calciferol, forma ativa do nutriente, têm mais dificuldades para ter uma vida sexual satisfatória.

Prós

Contras

Informações nutricionais (Porção de 0,5 gramas ou 1 cápsula)

  • Valor energético: 2 kcal
  • Gorduras Totais: 0,5 g
  • Gorduras Saturadas: 0,5 g
  • Vitamina D: 50 mcg

5. Vitamina E

A vitamina E Catarinense é importante para combater o estresse oxidativo, protegendo as células de danos e ajudando a manter o equilíbrio na produção de hormônios sexuais. Também tem participação na melhora na circulação sanguínea na região dos órgãos genitais, possibilitando excitação e estímulos sexuais mais frequentes.

Prós

Contras

Informações nutricionais (porção de 0,56 g ou 1 cápsula)

  • Calorias: 0
  • Vitamina E: 268 mg

5. Arginina

Fechando a lista de melhores vitaminas para aumentar o desejo sexual feminino, temos a Arginina Soldiers Nutrition. Este suplemento age como um vasodilatador, aumentando o fluxo sanguíneo nos lábios vaginais. Esta característica faz com que o clitóris fique mais sensível ao toque e garante uma lubrificação natural que favorece o aumento da libido.

Prós

Contras

Informações nutricionais (porção de 3 gramas ou 1 colher dosadora)

  • Calorias: 0
  • L-arginina: 3000 mg

Qual é a relação entre vitaminas e a saúde sexual feminina?

As vitaminas influenciam vários aspectos da libido feminina, sendo precursoras de vários hormônios, como o estrogênio e a progesterona, exercendo uma influência positiva no desejo sexual.

Além disso, possuem propriedades antioxidantes que evitam o envelhecimento e alterações nas estruturas celulares de órgãos do sistema reprodutor feminino, como a vagina, útero e os pequenos lábios.

As vitaminas A,C, D, e E tem participação direta e indireta na produção de hormônios, enquanto o ácido fólico e as demais vitaminas do complexo B contribuem para uma saúde emocional equilibrada, essencial para evitar a perda de libido.

Quais são os sintomas de deficiência vitamínica que podem afetar a libido?

Os sintomas mais comuns apresentados por mulheres com deficiência vitamínica, e acabam afetando a libido feminina são:

  1. Falta de energia
  2. Cansaço excessivo
  3. Problemas psicológicos
  4. Estado depressivo
  5. Anemia
  6. Fraqueza muscular
  7. Problemas na tireoide
  8. Menopausa
  9. Problemas circulatórios
  10. Deficiência de minerais

Quando a frequência de um ou vários desses sintomas passa a ser constante, é preciso buscar ajuda profissional para tratar e investigar as causas principais. A suplementação de vitaminas que estimulam o desejo sexual é importante, mas não deve ser considerada isoladamente.

Quais são os alimentos ricos em vitaminas que melhoram a libido feminina?

Os principais alimentos ricos em vitaminas que melhoram a libido das mulheres são:

  1. Vitamina A: cenoura, batata-doce, espinafre, couve, abóbora, manga, melão-cantalupo, pimentão vermelho, fígado de boi, leite fortificado, couve-flor, acelga, chicória, salsa.
  2. Vitamina B9 (ácido fólico): espinafre, brócolis, aspargos, feijão, abacate, lentilhas, ervilhas, beterraba, laranja, nozes, sementes de girassol.
  3. Vitamina C: laranja, kiwi, morango, pimentão vermelho, brócolis, goiaba, papaia, couve de Bruxelas, abacaxi, morango, tomate, acerola, pitanga, poncã.
  4. Vitamina D: salmão, sardinha, gema de ovo, cogumelos, fígado de boi, atum, leite fortificado, suco de laranja fortificado, iogurte fortificado, queijo, champignon, shiitake.
  5. Vitamina E: amêndoas, sementes de girassol, espinafre, abacate, avelãs, amendoim, óleo de girassol, óleo de amêndoa, abóbora, couve, tomate.

Eficácia dos suplementos vitamínicos para aumentar o desejo sexual feminino

As maneiras pelas quais os suplementos vitamínicos auxiliam no aumento da libido feminina são:

1. Equilíbrio hormonal

As vitaminas A, B6, B9, B12 evitam o declínio na produção de hormônios sexuais como o estrogênio, progesterona e testosterona, influenciando diretamente no aumento da libido.

2. Aumento de energia

As vitaminas B12 e vitamina C ajudam na produção de energia e na redução da fadiga, aumentando a disposição para o sexo.

3. Melhora da circulação

Vitaminas C e E estimulam a circulação sanguínea, aumentando o fluxo para os órgãos genitais, o que pode intensificar a excitação sexual.

4. Apoio a saúde mental

B6, B9 (ácido fólico) e vitamina D estimulam a produção de hormônios do prazer e bem-estar, melhorando o humor e reduzindo o estresse, fatores importantes para a saúde sexual.

5. Saúde das mucosas

A vitamina A e vitamina E mantém a saúde das membranas mucosas, incluindo a região dos pequenos lábios, estimulando a lubrificação e aumentando a sensibilidade ao toque, o que pode aumentar o desejo sexual.

6. Melhora da qualidade do sono

Vitaminas como a B6 e vitamina D participam da regulação do sono. Um sono de qualidade melhora os níveis de energia e o humor das mulheres, influenciando na sensação de bem-estar e na libido de forma geral.

Leia também:

Existem efeitos colaterais dos suplementos vitamínicos para libido feminina?

Quando consumidos em excesso, as vitaminas para libido feminina podem trazer efeitos colaterais e aumentar o risco de problemas de saúde. O abuso de vitamina A, por exemplo, pode causar toxicidade, levando a sintomas como náuseas, tonturas e danos ao fígado.

Altas doses de vitamina B9 podem causar danos neurológicos, enquanto o abuso de vitamina D pode resultar em hipercalcemia, causando náuseas, fraqueza e problemas renais.

Já o consumo de vitamina E em grandes quantidades aumenta o risco de sangramentos. É fundamental consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer suplementação para garantir a segurança e adequação das doses. O uso de vitaminas para aumentar o desejo sexual feminino deve ser feito de forma segura e considerando as necessidades nutricionais de cada mulher.

Recomendações gerais para vitaminas que aumentam a libido feminina

Consuma as vitaminas conforme a prescrição médica ou seguindo as instruções do rótulo. Além disso, investigue se a causa da perda da libido trata-se realmente de uma deficiência vitamínica. Os exames de dosagem sérica são os mais indicados para confirmar ou excluir esta hipótese.

O melhor horário para tomar a vitamina A,D e E é durante uma das refeições principais. Por outro lado, a vitamina B9, vitamina C e arginina devem ser ingeridas no desjejum, ou antes da atividade física.

Dê atenção a alimentação diária, preferindo alimentos ricos em vitaminas (proteínas magras, frutas, legumes, verduras e gorduras vegetais) e reduzindo o consumo de alimentos inflamatórios.

Faça exercícios físicos regularmente, para estimular a produção de hormônios sexuais. Por fim, cuide da saúde mental e priorize atividades que relaxam o corpo e reduzem o estresse. Priorize marcas de qualidade testadas e aprovadas por profissionais de saúde.

Referências bibliográficas